Pearl River Delta Law

Home » Books » Produtos da marca do distribuidor (e um pouco de auto-promoção…)

Produtos da marca do distribuidor (e um pouco de auto-promoção…)

Esta interessante reportagem da SIC, sobre a redução no consumo de “produtos de marca do distribuidor” em Portugal, incorre num erro frequente, ao designar estes produtos como “produtos de marca branca”. Os produtos da marca do distribuidor são produtos de consumo produzidos ou fabricados para serem comercializados por determinada organização grossista ou retalhista, sob uma marca que é propriedade exclusiva dessa organização e que pode corresponder ao próprio nome do estabelecimento ou a um qualquer outro nome. Ou seja, em termos latos marcas de distribuição são todas aquelas marcas que são geridas e comercializadas pelo retalhista através de alguma das modalidades disponíveis e que se identificam em maior ou menor medida com a insígnia da distribuição.

Diferentemente, “produtos de marca branca” são aqueles produtos que são embalados numa só cor, pouco sofisticados e que correspondem historicamente ao primeiro tipo de produtos do fenómeno da marca do distribuidor. Estes produtos, também conhecidos como “genéricos”, caracterizam-se por embalagens austeras e pela ausência de uma marca reconhecida no produto, indicando apenas a categoria a que pertencem. As embalagens são de uma só cor e na etiqueta aparece, de forma relevante, apenas a denominação genérica do produto. O conceito de “marca branca” inculca a ideia de um produto que é lançado sem recurso a grandes mecanismos de marketing, apostando forte no seu reduzido preço. São, em rigor, “produtos desmarcados” (unbranded products). Estes produtos, muito comuns na área alimentar, surgem despidos de qualquer insígnia, logótipo ou marca, fazendo a sua embalagem unicamente referência à categoria do produto, caracterizando-se por uma austeridade deliberada. A expressão “marca branca” é inapropriada e paradoxal em si mesma, por não existir nestes produtos referência a qualquer símbolo distintivo.

Quem tiver interesse na análise do fenómeno dos “produtos de marca do distribuidor”, quer em termos de marketing, quer legais, pode dar uma vista de olhos no meu “Marca do Distribuidor e Responsabilidade por produtos” (nomeadamente o segundo capítulo), disponível para pré-visualização no sítio da Almedina (também disponível, como é evidente, em versão impressa).

 

Marca do distribuidor


Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: